B3 inicia negociação do novo FII Green Towers

  •  
B3 inicia negociação do novo FII Green Towers Foto: Divulgação B3 inicia negociação do novo FII Green Towers

A B3 passou a negociar, a partir de 24 de junho, cotas do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Green Towers, com o ticker de negociação GTWR11. O produto, administrado pela Votorantim Asset Management, asset do Banco Votorantim, é composto por uma carteira formada pelas três torres corporativas do empreendimento Green Towers Brasília, desenvolvidas pela Tishman Speyer, que permanece como consultora imobiliária da operação. Com um total de 90 mil metros quadrados de escritórios, são ocupadas atualmente pela sede administrativa do Banco do Brasil.

O evento de lançamento do FII Green Towers, realizado na sede da B3, em São Paulo, contou com a presença dos executivos da Votorantim Asset Management Alcindo Costa Canto Neto (Diretor Executivo), Rafael Fornari (Head Comercial), Luiz Armando Sedrani (Head Fundos de Investimento Estruturados), Mário Okazuka (Head Advisory) e da Tishman Speyer no Brasil, Gregory Anthony Vaca (COO) e José Alberto Ventura (Diretor Financeiro). Os executivos acionaram a campainha da B3, que simboliza a abertura do pregão e o início das negociações do novo produto.

O fundo marca a maior oferta pública de fundos de investimento imobiliário dos últimos seis anos no país, com R$ 1,2 bilhão captado antes de sua negociação na B3. A asset do Banco Votorantim também é responsável pela oferta do FII BB Progressivo II, que em 2012 captou R$ 1,6 bilhão.

O FII é um produto que possibilita o investimento em ativos imobiliários como edifícios comerciais, residenciais, shopping centers, hospitais, agências bancárias, entre outros. Negociado em ambiente de bolsa ou balcão organizado, ele é dividido em cotas, como se fosse uma ação. O investidor que opta por um fundo imobiliário torna-se sócio dos empreendimentos imobiliários que compõem a carteira do fundo.

(Redação - Investimentos e Notícias)