Fitch rebaixa rating da 3ª Emissão de Debêntures da Econorte

  •  
Fitch rebaixa rating da 3ª Emissão de Debêntures da Econorte (Foto: Pexels) Fitch rebaixa rating da 3ª Emissão de Debêntures da Econorte

A Fitch Ratings rebaixou hoje para 'CCC(bra)', de 'BBB-(bra)' (BBB menos (bra)), o Rating Nacional de Longo Prazo da terceira emissão de debêntures da Empresa Concessionária de Rodovias do Norte S.A. (Econorte), no montante de BRL246 milhões e com vencimento em 2020. Ao mesmo tempo, a agência removeu a Observação Negativa.

Principais fundamentos dos ratings


O rebaixamento reflete a severa redução na geração de caixa da rodovia, reflexo da ação civil pública movida pelo Ministério Público e das consequentes penalidades impostas. A decisão liminar determinou que a Econorte reduzisse as tarifas em 27% e suspendesse a cobrança de pedágio na praça de Jacarezinho.

Além das penalidades impostas, até o momento a Econorte não conseguiu aprovação do poder concedente para iniciar a operação da praça Cambará, o que mitigaria parcialmente o impacto do fechamento da praça de pedágio de Jacarezinho. Se as tarifas não forem recompostas e a praça de pedágio de Cambará não for reaberta, a Econorte terá dificuldades para honrar o serviço da dívida de abril de 2019, mesmo que já tenha BRL29,2 milhões na conta pagamento. Para realizar os pagamentos de acordo com o cronograma das debêntures até o vencimento, a Econorte deverá iniciar a operação da praça Cambará e reverter a redução das tarifas até março de 2019, considerando ainda que não haverá investimentos adicionais.

(Redação - Investimentos e Notícias)