Ibovespa se recupera e já começa a olhar para as máximas históricas

  •  
Ibovespa se recupera e já começa a olhar para as máximas históricas (Foto: Pexels) Ibovespa se recupera e já começa a olhar para as máximas históricas

Depois de duas semanas de baixa, o Ibovespa se recuperou bem e já começa a olhar de novo para as máximas históricas, próximas dos 110 mil pontos.

De acordo com analistas da Toro Investimentos, mesmo com o bom momento da Bolsa, o dólar subiu com força após as conversas entre Estados Unidos e China - mais uma vez - desandarem. Por enquanto, o Banco Central ficou de fora, o que reduziu as apostas de uma Selic abaixo de 4,5% ao final do ano.

No corporativo, destaque para a parceria entre Magazine Luiza e Lojas Marisa nas vésperas da Black Friday. E falando em Black Friday, é bom ficar de olho nos números do varejo, assim como para os dados do PIB americano que podem reforçar (ou não) as preocupações com o crescimento mundial.

Empresas

A Cogna (COGN3) prepara IPO da Vasta, sua linha de sistemas de ensino e serviços para o ensino básico. A antiga Kroton estuda abrir capital da Vasta nos Estados Unidos, provavelmente na NASDAQ, em uma oferta majoritariamente secundária.

A Empresa busca precificar a Vasta em cerca de R$8 bilhões, aproveitando o bom humor do mercado com a Arco Educacional, que caiu nas graças do investidor estrangeiro na NASDAQ. Com a captação, a Cogna consegue aliviar sua alavancagem financeira pós aquisição da Somos Educação.

Além disso, um novo feat. acaba de invadir o universo do varejo e essa parceria promete render mais que a dupla Simone e Simaria com seus hits de sucesso. A união entre Magazine Luiza (MGLU3) e Lojas Marisa (AMAR3). As varejistas anunciaram ao mercado na quinta-feira (21) uma parceria para a comercialização de produtos de tecnologia. A Magazine Luiza será responsável pela venda de aparelhos eletrônicos como celulares, acessórios e serviços digitais em mais de 300 lojas da Marisa.

Para finalizar, após quase 30 anos de casa, Bernardo Paiva, que ocupava o cargo de CEO da Ambev (ABEV3) desde 2015, deixa a Companhia. Em uma gestão que vinha enfrentando dificuldades, com o crescimento da Heineken e aumento da concorrência no Brasil, Bernardo decide deixar o cargo para seguir projetos pessoais.

Segundo anunciado pela Cervejeira, o sucessor para o cargo será Jean Jereissati, atual diretor de vendas e marketing da Companhia. Jereissati está na Ambev desde 2000 e já ocupou várias posições dentro da Empresa.

(Redação – Investimentos e Notícias)