1.981 unidades residenciais foram comercializadas em SP

Hoje, 14/12, o Secovi-SP (Sindicato da Habitação) divulgou a Pesquisa do Mercado Imobiliário do mês de outubro em coletiva de imprensa on-line, com participação de Flavio Amary e Celso Petrucci, respectivamente, presidente e economista-chefe da entidade.

  • Publicado em Imóveis

Ações condominiais mantêm estabilidade em novembro

Levantamento do Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), realizado no Tribunal de Justiça do Estado São Paulo, mostra que o número de ações judiciais por falta de pagamento mantém estabilidade. Em novembro, foram protocoladas 1.160 ações, apenas um processo a mais que as 1.159 ajuizadas em outubro. Comparado ao mesmo mês do ano anterior, o aumento foi de 110,9%, com 550 registros.

  • Publicado em Imóveis

Condições do mercado imobiliário melhoraram no 3T17

De acordo com informações de empresas associadas à Abrainc, os resultados consolidados do 3º trimestre de 2017 apontam crescimento expressivo os lançamentos (+46,1%) e nas vendas (+8,2%) de imóveis novos, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Com isso, os resultados do trimestre encerrado no mês de setembro reforçam a trajetória positiva da incorporação imobiliária em 2017, contribuindo para o aumento de 12,1% das unidades lançadas e de 2,8% nas unidades vendidas, na comparação com o período janeiro-setembro de 2016. Finalmente, considerando o horizonte dos últimos 12 meses, os lançamentos de imóveis novos registraram alta de 11,7%, enquanto as vendas avançaram 2,6% na comparação com o período anterior.

  • Publicado em Imóveis

Juros de financiamento de imóveis para dezembro é 12,0003%

O Banco Central (BC) divulgou na última quinta-feira (30) o limite máximo de taxa de juros para utilização em contratos de financiamento prefixados dentro do Sistema Financeiro da Habitação (SFH). De acordo com nota, o percentual referente à remuneração básica dos depósitos de poupança, para vigência em dezembro, é de 0,0003% a.a..

  • Publicado em Imóveis

Preços de imóveis comerciais mantém trajetória de declínio

O Índice FipeZap Comercial – que acompanha o preço médio de conjuntos e salas comerciais de até 200 m² em 4 municípios brasileiros – registrou nova retração nos preços em outubro. No caso dos imóveis colocados à venda, houve queda de 0,67% no último mês, enquanto o preço médio de locação apresentou recuo de 0,37%, no mesmo período. Em 2017, o Índice FipeZap Comercial acumula queda nominal de 3,65% e 3,80%, respectivamente, nos preços de venda e locação de conjuntos e salas comerciais. Vale ressaltar que, dentre as cidades monitoradas, apenas em Belo Horizonte a variação observada no preço de venda de imóveis comerciais é positiva neste ano (+1,66%), inferior à inflação acumulada até outubro (+2,21%, segundo dados do IPCA/IBGE).

  • Publicado em Imóveis
Assinar este feed RSS