Ibovespa avança 0,45% nesta quinta-feira

Ibovespa avança 0,45% nesta quinta-feira (Foto: Divulgação) Ibovespa avança 0,45% nesta quinta-feira

O principal índice acionário da BM&FBovespa, o Ibovespa, opera com ganhos nesta quinta-feira, 13, em linha com o exterior. Há pouco, o índice, operava com alta de 0,45%, aos 65.127 pontos. O giro financeiro da bolsa marcava R$ 5.145 bilhões.

De acordo com relatório diário da Lerosa Investimentos, o mercado tende a acompanhar o bom humor do exterior e nível elevado de apetite ao risco global após tom dovish do FED, com redução do temor após condenação de Lula no processo da Lava Jato em dia de sanção da lei trabalhista. Ainda, expectativa de aceleração da votação do parecer na CCJ da Câmara, Rodrigo Maia suavizando discurso de que a Câmara não aceitaria a MP para cumprir acordos com senadores da reforma trabalhista, por outro lado temos TCU alertando sobre meta fiscal.

Entre as oscilações positivas em destaque na sessão estão os papéis da JBS (ON) que avançavam 9,09% e a Localiza (ON) que apresentavam alta de 3,82%. Em contrapartida, entre os destaques negativos, estão os papéis da Bradespar (PN), que decaíram 2,68% e da Sid Nacional (ON) que recuavam 2,65%.

Agenda

No mês de maio de 2017, o setor de serviços ficou praticamente estável em relação a abril, com uma taxa de 0,1% no volume de serviços prestados, na série livre de influências sazonais, após ter registrado crescimento de 1,0%, em abril, e recuo de 2,6%, em março, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Exterior

No exterior, o Departamento de Trabalho dos Estados Unidos anunciou que os pedidos semanais de auxílio-desemprego registraram queda. Na semana terminada em 07 de julho, foram registrados 247 mil pedidos de seguro-desemprego. Na semana anterior, foram registrados 250 mil pedidos.

Além disso, o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) dos EUA subiu 0,1% em junho deste ano, um resultado acima do esperado pelo mercado (+0,0%). Os dados foram divulgados pelo Departamento de Trabalho do País.

Por fim, o índice de preços ao consumidor alemão ficou estável em 0,2% no mês de junho, na comparação com o mês anterior, segundo dados divulgados hoje pela agência de estatística do país, Destatis. Em relação ao mesmo mês de 2016, o índice apresentou ganhos de 1,6%.

(MR – Agência IN)