Inflação abaixo da meta permite novos cortes de juros, aponta Fiesp

  •  
Inflação abaixo da meta permite novos cortes de juros, aponta Fiesp Foto: Divulgação

O Copom reduziu nesta terça-feira, 5, a taxa Selic em 0,25 ponto percentual, para 4,25% e, segundo, Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), embora tenha havido uma surpresa com a inflação pelo choque no preço da carne no final do ano passado, as primeiras semanas de 2019 mostraram logo que o ocorrido foi um episódio passageiro e que não contaminou os demais preços.

"A inflação projetada para este ano, abaixo da meta, e a alta capacidade ociosa das empresas não deixam dúvidas de que ainda há espaço para corte dos juros sem que haja pressão inflacionária".

De acordo com Skaf, finalmente o Brasil conquistou um cenário de inflação sob controle, câmbio alinhado e juros baixos, o que é fundamental para um projeto de crescimento sustentável com geração de emprego e renda.


(Redação - Investimentos e Notícias)