IAEmp avançou 1,9 ponto em fevereiro

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), da Fundação Getulio Vargas, avançou 1,9 ponto em fevereiro, atingindo 109,6 pontos, o maior nível da série histórica sinalizando um possível cenário de aceleração no ritmo de recuperação do mercado de trabalho nos próximos meses.

Indicador Antecedente de Emprego atinge maior nível desde junho 2008

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), da Fundação Getulio Vargas, avançou 3,1 pontos, em dezembro, para 107,0 pontos, o maior nível da série iniciada em junho de 2008. Com o resultado, o indicador avançou 17,0 pontos em 2017 e sinaliza continuidade da tendência de recuperação do mercado de trabalho nos primeiros meses de 2018.

IAEmp sobe 3,5 pontos e atinge maior nível desde outubro de 2010

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou nesta quinta-feira, 06, que o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) avançou 3,5 pontos em setembro, atingindo 93,7 pontos. Segundo a FGV, o IAEmp alcança o maior nível desde outubro de 2010 (94,3 pontos), sinalizando arrefecimento do ritmo de queda de pessoal ocupado na economia brasileira nos meses seguintes.

IAEmp chega ao maior nível desde abril de 2014, aponta FGV

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) subiu 2,8 pontos em junho de 2016, alcançando 82,2 pontos, o maior nível desde abril de 2014 (83,0 pontos), conforme divulgado nesta quarta-feira, 6, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado sinaliza uma tendência de arrefecimento das taxas negativas de evolução do total de pessoal ocupado na economia brasileira durante os próximos meses.

IAEmp atinge maior nível desde maio de 2014, mostra FGV

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) avançou 3,7% em abril de 2016, alcançando 76,5 pontos, maior nível desde maio de 2014 (79,3 pontos), de acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira, 5, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o indicador de médias móveis trimestrais apresentou a sexta alta consecutiva (1,5%, em abril), sinalizando uma acomodação no ritmo de queda do pessoal ocupado na economia brasileira ao longo dos próximos meses.

IAEmp sobe 1,8% em março, aponta FGV

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), divulgado nesta quarta-feira, 6, pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 1,8% em março, alcançando 73,8 pontos. A alta representa uma retomada da tendência positiva do indicador, interrompida pela queda de 1,1% no mês anterior. Com o resultado, o indicador sinaliza atenuação do ritmo de queda do total de pessoal ocupado na economia brasileira ao longo dos próximos meses.

IAEmp e ICD apresentaram queda em fevereiro, aponta FGV

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) recuou 1,1% em fevereiro de 2016, alcançando 72,5 pontos, conforme divulgado nesta quarta-feira, 9, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A queda representa uma acomodação do indicador após quatro altas consecutivas, entre outubro de 2015 e janeiro de 2016, que sinalizam algum arrefecimento do ritmo de diminuição do pessoal ocupado na economia brasileira neste início de ano.

ICD e IAEmp avançam em novembro

O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD), da Fundação Getulio Vargas, subiu 1,4% em novembro, alcançando 99,0 pontos. O resultado sucede duas altas e sinaliza continuidade na tendência de aumento do desemprego observada nos últimos meses. No ano, o ICD acumula 34,5% de alta.

Assinar este feed RSS