Confiança do comércio mantém a trajetória de recuperação

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas subiu 1,7 ponto em julho, passando de 84,4 para 86,1 pontos, registrando a terceira alta consecutiva. Em médias móveis trimestrais, o indicador avançou 8,3 pontos, depois de quatro quedas seguidas.

Movimento do comércio sobe 12,6% em junho, diz Boa Vista

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, avançou 12,6% em junho na comparação mensal dessazonalizada, de acordo com dados apurados pela Boa Vista. Na avaliação acumulada em 12 meses, o indicador apresenta retração de 3,3%. No acumulado do ano houve queda de 8,5% contra o mesmo período do ano passado. Já em relação ao mesmo mês de 2019, o varejo recuou 5,5%.

Atividade do comércio cresce 16,5% em junho

O Indicador da Serasa Experian que mede a atividade do comércio teve alta de 16,5% em junho, na comparação com maio deste ano, e registrou o segundo crescimento mensal consecutivo, feito os devidos ajustes sazonais. A expansão foi verificada em todos os setores analisados, com destaque para o segmento de Moveis, Eletrodomésticos, Eletrônicos e Informática, que teve a maior alta na relação mensal (29,2%).

Confiança do empresário do comércio cresce em julho

A confiança do comércio está voltando. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), após ter alcançado o menor patamar da série histórica no mês passado, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) registrou crescimento de 6,6% em julho, passando de 66,7 pontos para 69,3 pontos. Foi o primeiro avanço mensal do indicador em quatro meses, desde o início da pandemia do novo coronavírus. Por outro lado, no comparativo anual, houve queda de 39,5%.

Crescimento do varejo não cobre perdas trazidas pela pandemia, analisa ACSP

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou hoje, 8, que o comércio varejista nacional cresceu 13,9% em maio comparado a abril. Segundo a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), apesar de os números indicarem o início de uma recuperação, os dados ainda mostram insuficiência em relação às perdas desde o início da pandemia do novo coronavírus.

 

Atividade do comércio cresce 5% em maio

De acordo o Indicador da Serasa Experian, a atividade do comércio em maio trouxe números positivos, registrando um aumento de 5,0%, na comparação com abril deste ano, feito os devidos ajustes sazonais. 

Confiança do comércio registra a maior queda trimestral

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas subiu 17,0 pontos em junho, passando de 67,4 para 84,4 pontos. Em médias móveis trimestrais, o indicador manteve trajetória de queda pelo terceiro mês consecutivo (1,2 pontos), ainda influenciado pelo dado de abril, quando foi registrado o mínimo histórico.

Assinar este feed RSS