Brasil fecha setembro com 62,4 milhões de negativados

O volume de consumidores com contas em atraso segue elevado em todo o país, refletindo o quadro de dificuldades das famílias. No último mês de setembro aumentou em 3,9% a quantidade de novos inadimplentes na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito, a partir das bases as quais ambas instituições têm acesso. Em número absoluto, estima-se que cerca de 62,4 milhões de brasileiros estejam com restrições ao CPF, o que representa 40,6% da população adulta acima de 18 anos.

  • Publicado em Economia

IGP-DI apresenta alta de 1,79% em setembro

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) foi de 1,79% em setembro, percentual superior ao apurado no mês anterior, quando havia sido de 0,68%, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Com este resultado, o índice acumula alta de 8,54% no ano e de 10,33% em 12 meses. Em setembro de 2017, o índice havia subido 0,62% e acumulava queda de 1,04% em 12 meses.

Idec compara propostas de candidatos com pedidos dos consumidores

O Idec, ONG de Defesa do Consumidor, analisou os programas de governo dos 13 candidatos à Presidência da República para saber como cada campanha aborda as 10 pautas selecionadas para compor as propostas da Plataforma dos Consumidores. Na ferramenta, os eleitores podem pressionar candidatos a atender as necessidades dos consumidores e acompanhar o nível de aderência de cada um dos presidenciáveis. O único candidato que até o momento que se comprometeu com todas as demandas, assinando a proposta na íntegra, foi Guilherme Boulos (PSOL).

Expectativa de inflação dos consumidores se mantém estável

A expectativa dos consumidores brasileiros para a inflação nos próximos 12 meses passou de 5,7% em agosto para 5,6% em setembro, um ligeiro recuo de 0,1 ponto, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Na comparação com o mesmo período no ano anterior, houve queda de 1,1 ponto percentual.

  • Publicado em Economia

Confiança do Consumidor cresce pela segunda vez

Os efeitos negativos da paralisação dos caminhoneiros na economia começam a perder força. Dados da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revelam que o Indicador de Confiança do Consumidor (ICC) registrou crescimento de 3,47% pela segunda vez consecutiva em agosto na comparação com o mês anterior. O índice atingiu 42,4 pontos ante 41,0 pontos em julho. Embora os resultados mostrem um pequeno avanço na confiança da população, o indicador não superou os 50 pontos que, segundo a metodologia, aponta a diferença entre o sentimento de confiança e de pessimismo dos consumidores.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS