Confiança do empresário cai 0,5 ponto em fevereiro

Depois de três altas consecutivas, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) caiu 0,5 ponto percentual em relação a janeiro e ficou em 64,8 pontos em fevereiro. Mesmo assim, o indicador está 10 pontos acima da média histórica e é 0,3 ponto maior do que o registrado em fevereiro de 2019, informa a pesquisa divulgada nesta quarta-feira (19), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os indicadores variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 pontos mostram que os empresários estão confiantes. 

Prévia da sondagem da indústria sinaliza alta em fevereiro

A prévia da Sondagem da Indústria de fevereiro de 2020 sinaliza avanço de 0,7 ponto do Índice de Confiança da Indústria (ICI) em relação ao número final de janeiro, para 101,6 pontos, o mesmo valor de setembro de 2013, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV).

  • Publicado em Economia

Indústria recua em 12 dos 15 locais pesquisados em dezembro

Em dezembro de 2019, na série com ajuste sazonal, 12 dos 15 locais pesquisados mostraram taxas negativas, em linha com a queda de 0,7% da produção industrial, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As quedas mais intensas foram de Mato Grosso (-4,7%); Rio de Janeiro (-4,3%) e Minas Gerais (-4,1%). Os maiores avanços foram no Paraná (4,8%) e no Pará (2,9%.). No acumulado do ano, sete dos 15 estados mostram taxas negativas, com destaque para Espírito Santo (-15,7%) e Minas Gerais (-5,6%), com quedas mais intensas que a média nacional (-1,1%). Já as maiores altas foram no Paraná (5,7%), Amazonas (4,0%) e Goiás (2,9%).

  • Publicado em Economia

Faturamento da indústria fecha 2019 em queda de 0,8%

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a maioria dos Indicadores Industriais de dezembro foi negativa na comparação com o mês de novembro de 2019. O faturamento e as horas trabalhadas na produção encerraram o ano de 2019 com queda na comparação com 2018. O mesmo ocorreu com os indicadores do mercado de trabalho. Apenas a utilização da capacidade instalada registrou leve alta na comparação com 2018, informou a pesquisa Indicadores Industriais de dezembro, divulgada pela entidade hoje, 3.

  • Publicado em Economia

Condições de negócios do setor industrial melhoram

A saúde do setor industrial brasileiro melhorou de maneira mais significativa em janeiro, após a perda de impulso de crescimento observada no final de 2019, segundo dados do Markit Economics. Porém, os aumentos acelerados no volume de produção e nos registros de pedidos foram, na melhor das hipóteses, modestos. Um ponto positivo digno de nota foi um retorno à criação de empregos, que veio acompanhado de um grau robusto de otimismo em relação aos negócios no que diz respeito às perspectivas de crescimento.

  • Publicado em Economia

Confiança da indústria avança em janeiro

OÍndice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas avançou 1,5 ponto em janeiro, para 100,9 pontos, o maior valor desde março de 2018 (101,4 pontos). Em médias móveis trimestrais, o indicador aumentou pela quarta vez consecutiva, atingindo 99,1 pontos em janeiro.

  • Publicado em Economia

Disposição para investir na indústria é a maior em 6 anos

A consolidação da recuperação da atividade e as expectativas otimistas dos empresários aumentaram a disposição da indústria para investir nos próximos seis meses. O índice de intenção de investimento subiu 1,1 ponto na comparação com dezembro e atingiu 59,2 pontos em janeiro.

  • Publicado em Economia

Confiança do empresário é a maior desde junho de 2010

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) subiu para 65,3 pontos neste mês. Com a alta de 1 ponto em relação a dezembro de 2019, o indicador está 10,5 pontos acima da média histórica e é o maior desde junho de 2010. As informações são da pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quinta-feira (23). Os indicadores variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50, mostram que os empresários estão confiantes. Quanto maior o índice, maior e mais disseminada é a confiança. O ICEI é maior nas grandes empresas, segmento em que subiu para 66,4 pontos neste mês. Nas médias, o ICEI é de 64,9 pontos e, nas pequenas, de 63,4 pontos. 

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS