Setor público registrou déficit primário de R$51,8 bi em dezembro

O setor público consolidado registrou déficit primário de R$51,8 bilhões em dezembro, segundo dados do Banco Central (BC). O Governo Central, os governos regionais e as empresas estatais apresentaram déficits respectivos de R$44,7 bilhões, R$5,9 bilhões e R$1,3 bilhão. No ano, o resultado primário do setor público consolidado foi deficitário em R$703,0 bilhões (9,49% do PIB), ante déficit de R$61,9 bilhões (0,84% do PIB) em 2019. Esse resultado anual decorreu de déficit de R$745,3 bilhões no Governo Central (10,06% do PIB), e de superávits de R$38,7 bilhões (0,52% do PIB) nos governos regionais e de R$3,6 bilhões (0,05% do PIB) nas empresas estatais.

  • Publicado em Economia

Crédito ampliado ao setor não financeiro totalizou R$12 trilhões

Em 2020, o crédito ampliado ao setor não financeiro totalizou R$12 trilhões, equivalente a 162,1% do PIB), segundo dados do Banco Central (BC). Esse saldo representou expansão de 16,9% no ano, acelerando em relação ao crescimento de 9,5% observado em 2019. O desempenho do crédito ampliado resultou do aumento nos saldos da dívida externa, 23,4%, em função da depreciação cambial do ano (em dólares, a dívida externa do setor não financeiro permaneceu praticamente estável) e do crescimento dos empréstimos e financiamentos, 15,3%, e dos títulos de dívida, 15,2%.

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS