Rentabilidade dos imóveis comerciais em lenta recuperação

  •  
Rentabilidade dos imóveis comerciais em lenta recuperação (Foto: Pexels) Rentabilidade dos imóveis comerciais em lenta recuperação

No segundo trimestre de 2018, as taxas de retorno da renda, capital e total de imóveis foram de, respectivamente, 1,61%, 0,15% e 1,76%, sobre o trimestre anterior, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). 

A taxa de retorno do capital apresentou sua terceira variação positiva, após os seis trimestres consecutivos em contração terminados no terceiro trimestre de 2017. Já a taxa de retorno da renda acelerou com relação ao trimestre anterior, assim com a taxa de retorno total, que ficou ligeiramente acima da verificada no primeiro trimestre do ano (1,70%). 

Com este resultado no segundo trimestre de 2018, a taxa de retorno total anualizada também teve uma leve aceleração em relação à registrada no primeiro trimestre. O gráfico abaixo mostra o desempenho da taxa anualizada durante os últimos trimestres. 

No segundo trimestre de 2018, as taxas anualizadas de retorno da renda, capital e total foram de, respectivamente, 6,67%, 0,25% e 6,93%. A taxa de retorno do capital anualizada no primeiro trimestre de 2018 representou a primeira variação positiva desde o terceiro trimestre de 2016. A rentabilidade dos imóveis comerciais no Brasil recupera-se lentamente, em linha com o ritmo modesto de retomada na atividade econômica do país.

(Redação – Investimentos e Notícias)