BB é listado em índice de Sustentabilidade da Bolsa de Londres

  •  
BB é listado em índice de Sustentabilidade da Bolsa de Londres Foto: Divulgação BB é listado em índice de Sustentabilidade da Bolsa de Londres

O Banco do Brasil foi listado pelo terceiro ano consecutivo no FTSE4 Good Index Series, índice da bolsa de valores de Londres que avalia e classifica as empresas com melhores práticas ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG, na sigla em inglês). O indicador é utilizado por investidores do mundo todo para identificar companhias que pratiquem esses valores e serve de referência para fundos de investimento sustentáveis.

O BB foi avaliado em 128 indicadores ESG nos seguintes temas: Gestão de Riscos, Governança Corporativa, Anticorrupção, Mudanças Climáticas, Cadeia de Fornecedores, Responsabilidade com Cliente, Comunidade e Direitos Humanos, e Práticas Trabalhistas. A nota geral do BB foi 4 (escala de 0 a 5) e as dimensões "Governança" e "Ambiental" apresentaram as melhores notas: "4,3" e "5", respectivamente.

Para Carlos Netto, diretor de Estratégia e Organização, "a manutenção do BB no FTSE4 Good Index Series é um reconhecimento do mercado à decisão do BB de incorporar sustentabilidade à estratégia corporativa, refletindo no equilíbrio entre a geração de resultados econômicos e atuação socioambientalmente responsável".

"A gestão de temas relacionados à sustentabilidade, ao socioambiental e à governança pelas empresas vem atraindo cada vez mais a atenção dos investidores e reflete a importância crescente que o mercado financeiro atribui aos elementos não financeiros na criação de valor para o acionista. A participação do BB nestes índices de sustentabilidade empresarial é de fundamental importância para que mais gestores considerem o Banco do Brasil na composição de seus portfólios", completa Daniel Alves Maria, gerente geral da Unidade Relação com Investidores.

Além deste ranking, o BB está listado em outros índices de sustentabilidade como o Índice Dow Jones de Sustentabilidade da Bolsa de Nova Iorque – carteira Mercados Emergentes, e o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3.

(Redação - Investimentos e Notícias)