Locamerica e Unidas anunciam fusão

  •  
Locamerica e Unidas anunciam fusão (Foto: Divulgação) Locamerica e Unidas anunciam fusão

A Locamerica e a Unidas acabam de anunciar o acordo para uma fusão, operação que dará origem à segunda maior empresa do setor e a consolida como a maior em aluguel de frotas corporativas no Brasil. Ao todo, a empresa contará com uma frota de mais de 100 mil carros, 234 lojas de aluguel de veículos e mais 72 lojas de seminovos com presença em todos os estados brasileiros.

Este é o quarto movimento feito pela Locamerica em pouco mais de um ano, mesmo em um momento em que o país passa por importantes ajustes econômicos e em que a palavra de ordem para muitas das empresas foi “redução de investimentos”. “Começamos com pequenas aquisições. Na sequência, realizamos uma fusão estratégica com a Ricci, o que nos tornou líder em terceirização de frotas no país. Agora, anunciamos esta fusão com a Unidas e não é exagero dizer que este passo resultará em uma nova empresa, mais competitiva e com um atendimento melhor para todos os nossos clientes a partir do aproveitamento das melhores práticas de cada uma das companhias. Em 2018 completaremos 25 anos de história e não poderíamos estar mais orgulhosos.”, revela Luis Fernando Porto, CEO da Locamerica.

O executivo explica que chamou a atenção o fato de que a Unidas também apresentou um crescimento relevante nos últimos períodos, ao mesmo tempo que conseguiu manter uma sólida estrutura de capital e melhorar seu retorno. “Esta união, nos permitiu alinhar os principais acionistas da nova companhia com objetivos de longo prazo. A complementariedade das empresas, com dois times especializados, nos dá a certeza de uma excelente execução deste novo projeto e nos permite olhar para o futuro de forma ainda mais otimista”, ressalta Luis Fernando.

Já o CEO da Unidas, Carlos Sarquis, faz questão de enfatizar as similaridades entre as empresas. “Sentimos já num primeiro momento que nossas visões e ambições eram extremamente semelhantes. Nossos clientes e colaboradores ganham muito com esta fusão, já que vamos aproveitar o que ambas as empresas têm de melhor e empregar em nosso dia a dia. A nossa paixão pelo cliente ficará ainda mais fortalecida”, diz o executivo.

No terceiro trimestre de 2017 (3T17), em conjunto, as empresas geraram uma receita líquida de R$ 720,9 milhões e um EBTIDA de R$ 215,6 milhões.

Neste período, a Locamerica contabilizou lucro líquido de R$ 20,1 milhões, alta de 150,4% em relação ao mesmo período de 2016, e o faturamento da Companhia chegou a R$ 305 milhões. A evolução dos resultados reflete a maturação de uma série de iniciativas de criação de valor implementadas pela Companhia ao longo dos últimos anos.

Já a Unidas, contabilizou um lucro líquido de R$ 18,1 milhões no 3T17, alta de 26,6% em relação ao mesmo período de 2016, e o faturamento da Companhia chegou a R$ 415,9 milhões. O que sinaliza uma evolução das margens da empresa.

Os assessores da Locamerica na operação foram o Itaú BBA e o Machado Meyer Sendacz Opice Advogados, os assessores da Unidas e dos Acionistas Unidas na Operação foram o J.P. Morgan e o Lefosse Advogados e o assessor da Enterprise foi o Trench Rossi Watanabe Advogados.

A conclusão da operação está sujeita ao cumprimento de algumas condições, como a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

(Redação – Investimentos e Notícias)