Carteira recomendada da Toro Investimentos para novembro

O mês de outubro foi marcado por fortes oscilações no mercado, o Ibovespa fechou o mês com forte alta de 10,19%, precificando o novo governo de Jair Bolsonaro. Confirmada a previsão, o nome do próximo presidente agrada o mercado financeiro. Defensor de uma economia mais liberal e propondo uma agenda com reformas importantes já no inicio de seu governo, como a da Previdência e a tributária, o novo presidente sinaliza para um governo como maior austeridade nas contas públicas. Nesse cenário, a performance da carteira recomendada da Toro Investimentos superou seu benchmark com folgas, confirmando as análises e preferências pelas empresas estatais no mês que passou. A carteira livre rentabilizou 23,10%, mais que o dobro do Ibovespa, e a carteira protegida rentabilizou 14,60%.

Toro Investimentos lança campanha com foco em nova categoria de mercado

Na última quarta-feira, 12, a Toro Investimentos iniciou sua campanha de lançamento com foco em uma nova categoria de mercado. "As peças trazem o conceito "Crie o seu futuro", frase que representa mais do que um mote de campanha, mas uma verdade que guia todos os passos da empresa", explica Gabriel Kallas, sócio fundador da Toro Investimentos.

Carteira recomendada mensal da Toro Investimentos

O Ibovespa no mês de agosto não teve forças para repetir a performance do mês anterior e fechou em queda de 3,21%. As indefinições no cenário político eleitoral e a alta do dólar foram os principais motivos que frustraram a tendência de alta de agosto. A carteira recomendada da Toro Investimentos fechou o mês bem próximo do Ibovespa, com queda de 4,7% na carteira livre e queda de 2,6% na carteira protegida.

Assinar este feed RSS