Com demanda enfraquecida, cotações da laranja recuam

As chuvas registradas no estado de São Paulo têm impactado a procura por cítricos, cenário que pressiona os valores da laranja, conforme pesquisadores do Cepea. Além disso, a oferta de produto de menor qualidade está elevada. De 15 a 18 de janeiro, a pera teve média de R$ 19,91/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 1,1% frente à semana anterior. Em relação à lima ácida tahiti, os preços seguem em queda, devido à oferta elevada e ao ritmo fraco de vendas, tanto internas quanto externas.

Preços do tahiti registram queda no mercado paulista

Os preços da lima ácida tahiti estão em forte queda no mercado paulista, devido à maior disponibilidade. Segundo colaboradores do Cepea, o período de pico de safra da fruta, previsto para a segunda quinzena deste mês, deve aumentar ainda mais a oferta.

Disponibilidade de laranja e do suco pode ser limitada em 2018/19

Após produção elevada em 2017/18, a safra 2018/19 pode ser novamente de oferta controlada no estado de São Paulo e no Triângulo Mineiro. Isso porque, com o clima desfavorável durante o “pegamento” dos chumbinhos da primeira florada (a principal), que dariam origem às frutas da próxima temporada, perdas foram relatadas em três das quatro principais regiões produtoras de citros de SP.

Com maior procura, pera e tahiti registram altas

Apesar da elevada oferta de laranja pera no mercado in natura de São Paulo, o período de início de mês tem favorecido as vendas, ainda que pontualmente. A expectativa de colaboradores do Cepea é de que a demanda doméstica por laranja aumente em setembro, devido ao clima mais quente.

Ritmo de colheita da murcote aumenta em SP

A colheita da tangor murcote, que começou no fim de maio, está ganhando ritmo no estado de São Paulo. Apesar da boa qualidade das frutas, colaboradores do Cepea afirmam que as vendas estão abaixo das expectativas, devido ao clima mais frio no Sudeste e à concorrência com a tangerina poncã (que tem preços mais baixos).

Fraca demanda e maior oferta pressionam preços dos citros

Os preços das frutas cítricas acompanhadas pelo Cepea estão em queda. Segundo pesquisadores, a pressão vem do ritmo lento das vendas no mercado de mesa, devido à entrada da segunda quinzena e às temperaturas mais baixas, e do aumento gradual da oferta de precoces da safra 2017/18. De 20 a 23 de março, a laranja pera registrou média de R$ 40,84/cx de 40,8 kg, na árvore, queda de 6% em relação à da semana anterior.

Assinar este feed RSS