Rendimento da poupança Mensal - Novembro de 2020

  •  
Rendimento da poupança Mensal - Novembro de 2020 Foto: Divulgação Rendimento da poupança Mensal - Novembro de 2020

Com a queda dos juros básicos da economia que vem seguindo, a caderneta de poupança passou a render menos.

Hoje, a Taxa Selic está em 2% ao ano, que foi definida na reunião do Copom de 28 de outubro 2020. Como a regra prevê que a correção da poupança seja de 70% da taxa, ela está hoje em 1,40% ao ano, mais a Taxa Referencial.

Comparando a regra antiga com a nova é possível ver que a rentabilidade da poupança foi melhor para quem possui depósitos anteriores a 03 de maio de 2012.

A caderneta de poupança registrou em novembro, captação líquida de R$ 1,479 bilhão, o mais fraco da sequência, depois de nove meses consecutivos de melhora. Em novembro, os depósitos somaram R$ 297,413 bilhões e as retiradas R$ 295,933 bilhões.

A captação líquida é 39% inferior ao registrado em novembro do ano passado, quando os brasileiros depositaram R$ 2,426 bilhões a mais do que tinham sacado. Nos últimos meses, a caderneta tinha quebrado uma sequência de recordes desde o início da série histórica, em 1995.

Apesar do recuo no mês passado, a poupança acumula entrada líquida de R$ 145,707 bilhões de janeiro a novembro. Esse é o melhor desempenho para o período registrado pela aplicação financeira. Os rendimentos creditados totalizaram R$ 1,626 bilhão em novembro.

A aplicação começou o ano no vermelho. Em janeiro e fevereiro, os brasileiros retiraram R$ 15,93 bilhões a mais do que depositaram. A situação começou a mudar em março, com o início da pandemia da covid-19, quando os depósitos passaram a superar os saques.

Além de saber qual o rendimento da poupança mensal, é interessante conhecer a taxa de inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Veja tabela do IPCA e compare com o rendimento da poupança.

(Redação - Investimentos e Notícias)