Captação líquida da poupança no BB cresce pelo 2º mês consecutivo

Pelo segundo mês consecutivo, o BB registrou crescimento no saldo da poupança, com incremento de R$ 1,832 bilhão no saldo e captação líquida positiva de R$ 920 milhões, apenas em junho. Em maio, o Banco do Brasil já havia apresentado crescimento na captação líquida em R$ 1,3 bilhão e no saldo total em R$ 2,1 bilhões.

Investidores abandonam a poupança

É fácil entender porque a poupança acumula uma captação negativa de R$ 32 bilhões no ano. Um investimento que está perdendo para a inflação fica sem argumentos para atrair novos aportes. Nem mesmo o sentimento de que poupança traz segurança está fazendo com que as pessoas deixem de realizar saques em busca de aplicações mais rentáveis e com o mesmo nível de confiabilidade.

Volume de depósitos em poupança deve sofrer queda, aponta Anefac

O Banco Central anunciou hoje os resultados da caderneta de poupança referentes a maio de 2015, resultados estes que apresentam nova redução no volume dos depósitos, bem como no saldo líquido negativo aonde as retiradas foram maiores do que a captação (depósitos) no volume de R$ 3,2 bilhões.

Cresce captação líquida da poupança no Banco do Brasil

No mês de maio, o BB teve o melhor desempenho da poupança ao longo de 2015. Os crescimentos na captação líquida em R$ 1,3 bilhão e no saldo total em R$ 2,1 bilhões foram obtidos a partir das ações de comunicação, oferta e promoção junto aos clientes do Banco.

Saques da poupança superam depósitos em R$ 3,199 bi em maio

O Banco Central (BC) informou hoje (5) que os brasileiros retiraram R$ 3,199 bilhões a mais do que depositaram na poupança em maio. Trata-se da menor captação para o mês desde o início da série histórica do BC, em 1995. Antes, o recorde pertencia a maio de 2003, quando a poupança ficou negativa em R$ 1,626 bilhão. Maio também é o quinto mês consecutivo de resultado negativo este ano. No acumulado dos cinco primeiros meses de 2015, a poupança está no vermelho (saldo negativo) em R$ 32,28 bilhões.

Setor imobiliário capta R$ 17,6 bilhões em abril

As novas aplicações em Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) registradas na Cetip em abril somaram R$ 17,6 bilhões. O valor é 51% maior do que o observado no mesmo período de 2014. Os dois investimentos contribuem para a captação de recursos para o setor imobiliário. 

Poupança tem pior mês de abril da história

O Banco Central (BC) informou hoje (7) que os brasileiros retiraram R$ 5,85 bilhões a mais do que depositaram na caderneta de poupança em abril. Trata-se da pior captação para o mês desde o início da série histórica do BC, em 1995. Antes, o recorde correspondia a abril de 2003, quando a captação da poupança ficou negativa em US$ 2,196 bilhões.

Afinal, ainda vale ou não a pena investir na poupança?

De acordo com dados do Banco Central (BC) de ontem (07), a caderneta da poupança registrou, em março, uma saída líquida de R$ 11,43 bilhões, a maior retirada para todos os meses. E a pergunta que fica é: por que as pessoas estão saindo da poupança? Há alguns pontos importantes que podemos abordar para falar sobre essa questão.

Assinar este feed RSS