Notícias globais devem influenciar pregão

  •  
Notícias globais devem influenciar pregão (Foto: Divulgação) Notícias globais devem influenciar pregão

As principais bolsas de valores globais devem apresentar movimentos opostos nesta sexta-feira, 13, influenciadas por notícias mundiais. Diante deste cenário, os índices europeus e o indicador futuro das bolsas norte-americanas operam em direções distintas. 

Na Ásia, as bolsas fecharam de lado com investidores de olho na manutenção da política monetária do Banco do Japão, com a avaliação de que a economia internacional em recuperação deverá favorecer o país. Além disso, os resultados mais positivos da economia chinesa, que parece estar reagindo aos estímulos adotados pelo governo desde meados de março também influenciaram o pregão local.

Ainda assim, as bolsas globais operam no campo negativo neste momento, puxadas pelas quedas mais acentuadas nos mercados europeus.

Aqui no Brasil, o Ibovespa deverá operar próximo da estabilidade, ponderando o viés negativo externo e a influência positiva dos dados da economia chinesa.

E abrindo a agenda de indicadores internos, o Banco Central anunciou que a atividade econômica registrou ganhos de 0,12% em abril com relação ao mês imediatamente anterior, na série dessazonalizada, de acordo com o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br). O índice ficou em 147,31 pontos em abril, ante 147,14 pontos registrados no mês precedente.

Além disso, a Fundação Getulio Vargas (FGV) revelou que 31% das empresas afirmam ter investido mais no segundo trimestre de 2014 e 24% declaram ter investido menos nos últimos 12 meses do que o fizeram nos 12 meses imediatamente anteriores. No trimestre anterior, estes percentuais haviam sido de 37% e 18%, respectivamente.

Para finalizar, a maioria das moedas deprecia frente ao dólar, com exceção da moeda do Reino Unido.

(MR – Agência IN)