Wall Street cede com preocupações, Dow Jones perde 1,11%

Nos Estados Unidos, o Wall Street terminou o dia em queda com o índice Nasdaq acumulando baixa de cerca de 10% em relação ao recorde de fevereiro. Os motivos foram os comentários do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, que decepcionaram os investidores preocupados com o aumento dos rendimentos dos títulos de longo prazo dos EUA.

 

Wall Street aponta declínio, Dow Jones perde 0,46%

Nos Estados Unidos, o Wall Street encerrou em baixa nesta terça-feira, 2, com a pressão das ações de Apple (NASDAQ:AAPL)(SA:AAPL34) e da Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34). O setor de materiais básicos teve alta, com o mercado observando as manobras do Congresso para outro pacote de estímulo relacionado à Covid-19.

 

Wall Street fecha com direções indefinidas, Dow Jones sobe 0,09%

Nos Estados Unidos, os índices S&P 500 e Nasdaq fecharam o dia em baixa. Nesta segunda-feira, 22, os indicadores sofreram com a elevação dos yields dos Treasuries e perspectivas de aumento da inflação, que geraram preocupações em torno dos preços das ações de empresas de alto crescimento.

Wall Street fecha sem direção, Nasdaq recua 0,25%

Nos Estados Unidos, os índices S&P 500 e Nasdaq tiveram leve queda em relação a máximas recordes no pregão desta quarta-feira, 10. Os segmentos de energia e finanças seguiram em alta, enquanto algumas grandes empresas de tecnologia registraram baixas em seus papéis.

 

EUA têm dia de otimismo e Wall Street fecha no azul, DJ sobe 0,30%

Nos mercados acionários dos Estados Unidos, os indicadores subiram nesta sexta-feira, 5. Os índices S&P e Nasdaq foram embalados pelo otimismo com balanços trimestrais e acertos referentes ao estímulo fiscal propostos pelo governo americano, além do progresso na distribuição de vacinas contra o coronavírus.

 

Wall Street fecha último pregão do ano em alta

Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam o último pregão do ano com ganhos, com expectativas de recuperação.

O índice Dow Jones avançou 0,24%, aos 30.409,56 pontos e acumulou ganhos de 2,60% em dezembro e 6,84% no ano. O S&P 500 subiu 0,0,13%, aos 3.732,04 pontos, valorizando 3,05% no mês e 15,86% em 2020. E na bolsa eletrônica, o Nasdaq ampliou 0,15%, aos 12.870,00 pontos e fechou o mês acumulando alta de 5,50% e no ano alta de 43,86%.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Assinar este feed RSS