Reservas internacionais do BC fecham o mês em R$ 374,8 bi

  •  
Reservas internacionais do BC fecham o mês em R$ 374,8 bi (Foto:Divulgação) Reservas internacionais do BC fecham o mês em R$ 374,8 bi

As reservas internacionais do Banco Central, uma espécie de poupança que protege o Brasil contra crises externas, cresceu US$ 12,6 bilhões em maio. Com o incremento, esse colchão de segurança chegou a US$ 374,810 bilhões no fim de maio. As reservas, nesse período, foram influenciadas pela cotação do dólar, que aumentou frente o real.

Considerada muitas vezes uma blindagem para a economia, ela garante que o País honrará seus compromissos, mesmo em um cenário de crise mais intensa, evitando a disparada da dívida pública. Também é uma proteção contra ataques especulativos e tentativas de manipulação do valor das moedas em relação ao real.

As reservas internacionais do Brasil foram construídas nos últimos anos como forma de evitar a repetição de crises externas, situações que afetaram o País sobretudo durante os anos 1990. Ao fim de 2002, elas somavam US$ 37,7 bilhões e de lá para cá o governo implementou uma política de manutenção e aumento dessa poupança. As informações são do Portal Brasil.

(Redação – Agência IN)